Na hora de estudar e se preparar para provas e testes, é preciso atenção e cuidado. Muitas pessoas utilizam técnicas de estudo para otimizarem o processo de memorização e aprendizado, resultando em notas muito mais satisfatórias.

Pensando nisso, decidimos explicar algumas das técnicas mais comuns e bem-sucedidas para que você aplique em seu dia a dia e aproveite os benefícios. Quer melhorar o desempenho nos próximos exames? Então, confira nossas dicas.

1. Autoquestionamento

O autoquestionamento é uma estratégia de estudo que pode ajudar a melhorar a memorização e o raciocínio lógico diante algumas perguntas que podem surgir.

Nessa técnica, é interessante que você questione os fatos para você mesmo, criando uma linha de raciocínio capaz de apresentar os dados importantes sobre o assunto e a época que você está estudando, otimizando a memorização.

2. Pré-teste

O pré-teste também é uma excelente alternativa e está entre as técnicas de estudo mais conhecidas. Trata-se da realização de testes simulados para se preparar corretamente para a prova que será feita. Em alguns casos, você pode encontrar pré-testes prontos em apostilas, livros didáticos ou até mesmo pela internet.

A ideia é praticar como se realmente fosse a prova e avaliar seu desempenho, identificando os pontos em que você teve mais dificuldade e que precisam melhorar.

3. Associações mentais

As associações mentais também são estratégias utilizadas por diversas pessoas para melhorar o aprendizado e aumentar a absorção de conteúdo.

Elas são tão comuns que é possível encontrar diversas aplicações dessa técnica de estudo desde a escola, quando tínhamos que decorar algumas fórmulas de matemática ou física, por exemplo.

Com ela, você conseguirá criar “atalhos” que vão ajudar a se lembrar de conteúdos e informações importantes.

4. Documentários

Se você precisa conciliar trabalho, estudos e vida pessoal, assistir documentários pode ser uma excelente alternativa para aprender cada vez mais e ainda se divertir com os amigos e familiares.

Por meio de conteúdos documentais, com informações relevantes e materiais que auxiliarão a entender mais sobre seu mercado de atuação, você aprenderá mais e ainda compartilhará alguns momentos com as pessoas que gosta.

5. Fichamento

O fichamento também é uma forma tradicional de estudo, comum desde o ensino fundamental até a faculdade e cursos profissionalizantes.

Trata-se da criação de fichas relacionadas aos assuntos que são estudados. Quando focamos em escrever a respeito do tema e fazer resumos sobre o conteúdo, precisamos absorver a informação para criar algo mais simples e consistente. O resultado? A memorização e real aprendizado daqueles tópicos.

Além de se dedicar às técnicas de estudo, também é importante ter uma pausa entre blocos de tempo para melhorar a capacidade de absorção de informações. A mente precisa descansar para manter seu bom funcionamento, e é fundamental respeitar essa necessidade do nosso corpo.

Uma dica extra é investir em trabalhos em grupo: o estudo com o apoio de outras pessoas permite que você desenvolva diversas habilidades, além de criar associações mentais diferentes a partir de um novo ponto de vista.

Gostou deste conteúdo? Ele foi útil para você? Compartilhe nas redes sociais!

Escreva um comentário