Powered by Rock Convert

Insatisfeito com as oportunidades de trabalho que encontrava, Daniel entendeu que precisava fazer algo para mudar o rumo de sua carreira. Foi nesse momento que ele encontrou uma grande possibilidade de capacitação profissional: os cursos profissionalizantes de mecânica automotiva e mecânica de motos.

Daniel, que sempre gostou do ramo automotivo, fez a sua matrícula e estudou com afinco cada lição ensinada, sem titubear ou desanimar, até concluir a sua formação.

Se você deseja saber o que Daniel achou de investir em capacitação profissional e o que ele levou em consideração ao escolher uma instituição de ensino, acompanhe o post para descobrir como essa história termina!

Quais são as vantagens de investir em capacitação profissional?

Como vimos, Daniel investiu em um curso profissionalizante. No entanto, será que esse investimento trouxe vantagens para ele? Confira como a vida dele foi influenciada por sua decisão de se aprimorar profissionalmente!

Aumenta a empregabilidade

Ao investir na capacitação profissional, Daniel logo percebeu que as possibilidades de trabalho aumentaram consideravelmente. Com seus conhecimentos e suas habilidades aprimoradas, ficou muito mais fácil encontrar oportunidades que tinham a ver com o seu perfil.

Além disso, as empresas nunca descartavam o seu currículo, que estava atualizado e repleto de qualificações. Consequentemente, o mecânico precisou organizar a agenda para dar conta de tantas entrevistas de emprego.

Possibilita melhores oportunidades

Acostumado a disputar cargos de auxiliar, Daniel agora estava apto a dar um importante salto na sua carreira. O curso profissionalizante possibilitou que ele concorresse a vagas melhores, com remunerações mais altas e maior grau de autonomia. Ele se dedicou bastante enquanto estudava, e agora colhe os frutos do seu esforço.

Os postos de trabalho mais simples, que requisitavam somente a conclusão do ensino médio, ficaram no passado do nosso protagonista. Agora, ele filtrava as oportunidades que condiziam com o que tinha a oferecer. O desejo de ser reconhecido e valorizado estava cada vez mais próximo de se tornar realidade.

Favorece o crescimento profissional

Sempre que comparecia a uma entrevista de emprego, Daniel ficava maravilhado com os benefícios dos cargos que agora podia concorrer. As empresas o informavam sobre o plano de carreira e as possibilidades de crescimento que vinham com o acúmulo de experiência.

Além disso, existiam treinamentos constantes e estímulo para que os profissionais contratados continuassem a se desenvolver. Isso era tudo que o Daniel almejava para a sua carreira.

Melhora o networking

Os professores e os colegas de turma do curso profissionalizante admiravam o empenho e as soluções inovadoras que Daniel propunha. Ele sempre foi generoso e auxiliava os amigos com dificuldades. Com isso, agora, somado ao grande número de oportunidades que encontrava por conta própria, choviam indicações de trabalho no e-mail e nas redes sociais, principalmente no LinkedIn.

Daniel fazia o mesmo, compartilhando vagas que algum colega tinha o perfil ideal e também artigos que encontrava sobre sua área de atuação. Afinal, manter-se atualizado é dever de todos aqueles que querem alcançar o sucesso. Em outras palavras, isso significa a prática do networking, em que uma rede de contatos profissionais é formada, possibilitando o auxílio mútuo entre os envolvidos.

Quais fatores devem ser analisados ao escolher um curso profissionalizante?

Agora que você já sabe a importância de investir em capacitação profissional e os diversos benefícios que a formação proporcionou na vida de Daniel, conheça quais foram os fatores que ele analisou ao escolher um curso profissionalizante.

Powered by Rock Convert

Reputação da instituição de ensino

Depois que Daniel decidiu fazer um curso de profissionalização, ele teve que escolher a instituição de ensino ideal que garantisse uma boa formação, atendendo às suas necessidades e as do mercado de trabalho.

Um dos fatores que ele analisou foi a tradição da escola, afinal, uma instituição que já existe há algum tempo transmite mais credibilidade, uma vez que ela teve que se readaptar às necessidades do mercado.

Assim, uma escola que se mantém atualizada comprova que tem como prioridade oferecer a melhor formação possível aos seus alunos.

Perfil e colocação profissional dos ex-alunos do curso

A melhor forma de avaliar a credibilidade de uma escola é observando a colocação e a capacitação profissional dos atuais alunos e das pessoas que já se formaram no local. Se os ex-alunos da instituição têm boa colocação profissional, quer dizer que a escola é bem-vista no mercado de trabalho.

Também é importante pesquisar a reputação da própria instituição de ensino e dos professores que ministram as aulas, uma vez que um ensino de qualidade depende de professores dedicados e capacitados.

Para conhecer mais afundo sobre a instituição escolhida, Daniel foi ao campus que ia estudar e conversou com seus futuros professores e com o coordenador do curso. Assim, ele teve a oportunidade de sanar todas as suas dúvidas e conhecer o estilo de aula de cada um deles.

Ele também realizou buscas tanto na internet (em plataformas de avaliação) quanto em conversas diretas com seus amigos e conhecidos que já tinham realizado cursos profissionalizantes pela região.

Independentemente do método escolhido, o importante é saber quais são as impressões dessas pessoas sobre o serviço prestado e a sua satisfação com a escola escolhida — é fundamental verificar se o que é ofertado no ato da matrícula corresponde à realidade do dia a dia.

Localização da instituição de ensino

No momento da pesquisa sobre a instituição de ensino, Daniel também considerou a localização da escola para não ter problemas com transporte. Assim, ele escolheu uma unidade que permitia o seu fácil acesso.

Outro ponto que ele levou em consideração foi justamente a realização de um curso presencial, pois Daniel julga que o contato direito com o professor é fundamental para assimilar o conteúdo e tirar suas dúvidas no momento em que elas surgem.

Além disso, foi justamente a sua interação com os colegas de classe e com a equipe de professores que possibilitou que ele criasse uma rede de networking — item fundamental para quem deseja ter uma boa colocação no mercado de trabalho.

Por fim, outra grande vantagem da profissionalização presencial é a possibilidade de realizar aulas práticas por meio de simulações sobre o dia a dia na futura atividade profissional, o que enriqueceu ainda mais a capacitação de Daniel.

Após considerar os pontos que levantamos, Daniel optou por uma instituição de ensino que atendesse às suas necessidades. Ontem ele participou da última etapa de um processo seletivo de uma grande montadora de veículos e, após a dinâmica de grupo e a prova de conhecimentos específicos, ele recebeu a resposta da sua desejada aprovação. O diferencial foi a capacitação profissional presente em seu currículo.

Gostou de saber um pouco mais sobre a importância de investir na sua capacitação profissional? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos como dicas como essas!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário