Powered by Rock Convert

O mercado de beleza e estética é um ramo que está em expansão, já que cada vez mais a sociedade se preocupa com a saúde e a aparência física, e nem mesmo a queda da economia dos últimos anos foi capaz de causar impactos nesse setor.

Foi justamente ao perceber que homens e mulheres buscam a todo o momento por tratamentos estéticos que Rafaela, preocupada com o mercado de trabalho, decidiu entrar no ramo. Se você deseja acompanhar a trajetória da Rafaela, acompanhe o post e conheça todos os detalhes. Confira!

Por que trabalhar no mercado de beleza e estética?

Ao ver nas redes sociais que as pessoas compartilhavam frequentemente o momento em que estavam fazendo tratamentos relacionados ao emagrecimento e à estética, Rafaela percebeu que o setor se manteve aquecido até mesmo na crise.

Ao pesquisar sobre o assunto, ela descobriu que o Brasil é um dos países em que as pessoas mais consomem tratamentos estéticos e produtos de beleza — o país fica na terceira colocação no ranking mundial.

O mercado de beleza e estética é um ramo de extrema importância para a nossa sociedade, que mantém cuidados com a aparência que nunca cessam. Com essa informação, Rafaela observou que frequentemente ela e suas amigas alteravam o orçamento para não renunciarem a produtos de beleza (como maquiagens e itens para o cabelo) e tratamentos estéticos (como limpeza de pele, que Rafaela gosta de fazer com frequência).

Quais são os benefícios de atuar na área?

Após obter essas informações, ela decidiu que gostaria de atuar no ramo e, portanto, inicialmente realizou um curso técnico para tornar-se esteticista.

Ocorreu que, após a finalização de seus estudos, Rafaela ainda estava insegura para atuar como esteticista em razão de sua falta de prática, o que a levou a manter-se no emprego em que trabalhava como telemarketing.

Powered by Rock Convert

Com um imenso desejo de atuar na área da estética e beleza e com o objetivo de vencer a sua insegurança, Rafaela procurou por um curso profissionalizante na área para melhorar suas técnicas, aprender novos procedimentos e praticar o seu conhecimento.

Inicialmente, depois de realizar o curso profissionalizante e adquirir experiência durante as aulas, ela se manteve no emprego em que trabalhava como telemarketing e criou coragem para também atuar no mercado de beleza e estética e obter uma renda extra. No entanto, com o passar do tempo e com a divulgação de seus serviços estéticos, sua clientela aumentou significativamente.

Em determinado momento, Rafaela não conseguia mais conciliar o seu trabalho formal com a estética, pois a sua demanda teve um grande crescimento. Portanto, para atender a todos e aumentar a sua renda, ela precisou sair do seu emprego de telemarketing, uma vez que nesse período já ganhava mais dinheiro no ramo da beleza.

Dessa forma, Rafaela conseguiu juntar um montante para empreender e abriu o seu próprio negócio, que cresce cada vez mais.

No mais, além de realizar os procedimentos estéticos em suas clientes, ela ainda consegue aplicar em si diversas técnicas — o que proporcionou ainda mais economia em seu orçamento, pois anteriormente também gastava para realizar tratamentos de beleza.

Como vimos, Rafaela só conseguiu entrar para o mercado de beleza e estética em razão do curso profissionalizante que realizou, uma vez que foi por meio dele que ela adquiriu a segurança necessária para mudar de ramo. Além disso, o curso profissionalizante livre ainda possibilitou que ela adquirisse prática e aprimorasse as técnicas necessárias para a atuação nessa área, que tem diversas possibilidades de crescimento e que mudou a sua vida. Por isso, se você deseja fazer como ela, procure especializar-se no ramo também!

Se você se interessou sobre o tema, continue a visita em nosso blog e saiba mais sobre as tendências de unhas decoradas para o Carnaval.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário