A concorrência está acirrada no mercado de trabalho. As pessoas estão cada vez mais cientes de que precisam desenvolver inúmeras habilidades para conseguir se destacar como profissionais.

As empresas, por outro lado, têm buscado por pessoas com competências técnicas aguçadas e também têm dado mais valor às comportamentais. Atualmente, o espírito de equipe e algumas qualidades como flexibilidade e criatividade são muito valorizadas.

Um profissional que consegue aliar as habilidades técnicas às comportamentais se torna mais completo. O mercado reconhece o valor desse colaborador, que é quase sempre reconhecido como um talento.

No entanto, muitas pessoas também se veem perdidas e não sabem como desenvolver tais habilidades ou não entendem a relevância desse aprimoramento. Neste post você vai entender qual o significado de competência ténica, quais as mais procuradas pelo mercado e quais os benefícios que elas trazem para a empresa! Quer saber mais? Continue a leitura!

O que é competência técnica?

As competências técnicas estão mais voltadas para a capacidade que uma pessoa tem ou pode vir a ter de executar uma tarefa. Por exemplo: um arquiteto precisa conhecer cálculos específicos para medir as dimensões de uma construção.

Essas habilidades podem ser aprendidas ou treinadas nas universidades, por meio de cursos profissionalizantes, cursos rápidos e online, palestras e minicursos, workshops ou imersões. Elas dizem respeito, como já dissemos, às técnicas de execução.

Estão englobadas nas competências técnicas: falar outro idioma, conhecer linguagem de programação, fazer análises de dados estatísticos, formação acadêmica e especializações.

Quais as mais procuradas?

O mercado tem focado em competências que saibam lidar com inovações tecnológicas, segurança e análise de dados, marketing digital, branding, formação e identificação de marca. Veja agora algumas das habilidades técnicas mais procuradas pelo mercado!

Análise de dados

A tecnologia trouxe ferramentas que processam milhares de dados todos os dias. Big Data, Business Inteligence e muitas outras tendências geram informações a todo instante. O que as empresas têm procurado são profissionais que saibam transformá-las em conhecimento relevante para o negócio.

Segurança de dados

Profissionais da área de TI são muito solicitados, uma vez que, com esse processamento enorme de informações, é necessário protegê-las — afinal, como diz o ditado, informação é poder. Todos nós já soubemos de algum escândalo sobre vazamento de dados que comprometeu alguma marca.

Gestão de marca

As marcas querem se fortalecer e reconfigurar os tipos de relacionamento que têm com seus clientes. Pessoas com habilidades voltadas para essa área também são procuradas constantemente.

Gestão de pessoas

A tecnologia trouxe vantagens e otimizou processos. No entanto, as empresas ainda precisam — e talvez agora precisem mais do que nunca — saber lidar com as pessoas de forma humana. O mercado consumidor é feito de pessoas que estão progressivamente mais cientes do que querem e do seu poder de mover as tendências do mercado.

Qual a diferença entre competências técnicas e comportamentais?

Além das competências técnicas que já citamos, existem também as comportamentais. Essas são aquelas que faz um indivíduo único. Elas também podem ser desenvolvidas com cursos, livros e palestras, mas vão depender muito mais da vivência de cada um.

As competências comportamentais são as que realmente farão um colaborador se tornar um talento dentro da organização. Por exemplo: uma pessoa, para ser mais empática e entender as dores dos demais, precisará de muita vivência. Conheça algumas habilidades comportamentais valorizadas pelo mercado!

Comunicação

Saber se comunicar é um fator primordial para o sucesso em qualquer profissão. Comunicar-se é saber falar, mas também saber ouvir. Praticar uma escuta ativa, voltada para a resolução de problemas, tem sido umas das habilidades mais procuradas pelas empresas atualmente.

Cooperação

Cooperar é entender e praticar o espírito de equipe. Cada indivíduo tem particularidades que são úteis na formação de um time de sucesso. Saber que todos que estão naquele ambiente estão aptos a cooperar e ter essa vontade efetiva de participação faz a diferença em qualquer ambiente de trabalho.

Foco nos resultados

Algumas pessoas se perdem no meio dos problemas, desesperando-se e não conseguindo focar na solução ou ficando muito apegadas ao processo e se esquecendo dos resultados. O mercado precisa de colaboradores que tenham seus esforços voltados para a resolução de impasses e saibam exatamente quais resultados querem alcançar.

Criatividade

A criatividade também está muito associada à resolução de questões. Pessoas criativas tendem a trazer novas formas de lidar com velhos dilemas e mudar a cultura da empresa para melhor. Essa é uma habilidade que as máquinas ainda não têm e por isso é tão importante no mundo corporativo.

Liderança

A liderança é, provavelmente, a competência comportamental mais procurada pelo mercado. Novos líderes se fazem necessários, pois o mundo está se transformando e é interessante que os novos impulsionadores do mercado entendam isso. Liderar é saber lidar com pessoas diversas e, mesmo assim, conseguir o melhor de cada um. Um bom líder é extremamente valorizado pelas instituições.

Quais os benefícios de analisá-las?

Os gestores de recursos humanos entenderam a importância de analisar e equilibrar as competências técnicas e comportamentais, pois só assim terão profissionais completos e, por que não dizer, pessoas melhores integrando suas equipes.

Saiba quais os principais benefícios que uma análise profunda e criteriosa de habilidades técnicas e comportamentais trazem para uma empresa!

Melhoria no ambiente de trabalho

O ambiente de trabalho de uma organização que valoriza e ajuda seus colaboradores a desenvolver suas competências é muito mais saudável, sustentável e criativo. As pessoas entendem qual é o seu proposito dentro da organização e sabem que são reconhecidas pelos seus esforços.

Aumento do engajamento

Uma consequência direta da melhoria no ambiente de trabalho e do reconhecimento individual e coletivo é o aumento do engajamento das equipes. Os colaboradores compreendem que fazem parte de algo maior e buscam atingir seus objetivos com muito mais motivação.

Melhores resultados econômicos

Maior engajamento impacta em resultados econômicos. O objetivo maior de uma empresa é gerar lucros, mas é necessário fazer isso enquanto mantém seus valores. Assim, quanto mais habilidades desenvolvidas, mais soluções eficientes e maior a satisfação do cliente final.

Retenção de talentos

Todo ser humano busca a valorização e o reconhecimento. Ao investir no aprimoramento técnico e humano de um indivíduo a empresa está depositando nele confiança. A maioria das pessoas se sentem gratas por isso e sempre vão preferir estar em organizações que capacitam e treinam seus colaboradores.

Para se tornar o profissional que o mercado precisa é importante desenvolver a competência técnica e a comportamental. Assim, você se torna um colaborador mais completo e agrega valor ao seu trabalho.

Gostou deste post? Entendeu a diferença entre a importância das competências técnicas e comportamentais? Então compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso e possam aprender também!

Escreva um comentário