Jorge pensava em como podia se livrar das dívidas e também desejava se tornar independente financeiramente. Então, todos os dias, ela se perguntava sobre como guardar dinheiro para alcançar seus objetivos. Afinal, quando não sabemos de que modo fazer isso, a pouca quantia que sobra no final do mês acaba sendo usada para outros fins, que não é o de poupar.

Após pesquisar muito sobre o assunto, Jorge descobriu que basta seguir algumas dicas práticas e simples no dia a dia para poder economizar mais.

Assim sendo, listaremos aqui 13 valiosas dicas de como guardar dinheiro que ajudaram Jorge a juntar mais recursos para realizar sonhos maiores. Continue a leitura e descubra quais são elas!

1. Anote todos os gastos do dia

Mantenha sempre com você uma agenda ou o próprio bloco de notas do celular para anotar todos os gastos do dia. É importante descrever qual cartão foi usado, assim como se pagou no débito ou crédito ou, ainda, se pagou em dinheiro. Consolide as informações em uma planilha para manter os dados organizados.

Assim como o Jorge, em um primeiro momento você vai ficar perplexo ao saber o quanto gastamos com almoços, lanches, cafés, guloseimas e até pequenos imprevistos ao longo de 24 horas.

2. Adie compras grandes

A dica é adiar compras grandes para os próximos meses, tais quais a geladeira nova, o fogão de última geração ou o sofá que combina com a decoração da sala.

Se não existe a necessidade de adquiri-los agora, espere por uma boa promoção ou reserve o momento para quando realmente estiver precisando daquele produto.

3. Eleja o dia “zero gastos”

Eleja um dia da semana para ser o dia “zero gastos”, pois se comprometer a não gastar dinheiro algum nessa data vai lhe render mais reais no final do mês.

O problema aqui pode ser não cair em tentação e deixar para economizar no dia seguinte, porque não resistiu à promoção. Abra a carteira apenas se realmente for necessário gastar naquele dia!

4. Otimize a conta do celular

O Jorge havia adquirido um plano de celular sem prestar atenção se ele era, de fato, útil e necessário para ele. Quando se deu conta de que podia gastar menos com ligações e uso de internet — afinal, usava mais a wi-fi em casa e no trabalho, não precisando do pacote de dados —, passou a economizar. Por isso, a dica é analisar seus padrões de gasto e adaptá-los à sua realidade.

As operadoras oferecem planos e descontos que costumam agradar a todos os bolsos sem que se perca nada com isso. Converse com os atendentes e veja quais são as melhores propostas para você de acordo com suas necessidades.

5. Aposte na marmita

Já pensou em levar comida de casa para o trabalho? Você deve ter notado que comer fora todos os dias sai muito caro, sendo que não são todas as pessoas que recebem vale refeição.

Portanto, levar marmita pode ser uma opção saudável tanto para seu corpo quanto para seu bolso. Apenas certifique-se que a sua empresa permite essa prática. O Jorge até perdeu uns quilinhos depois que começou a fazer isso.

6. Fique de olho nos descontos

Descontos e promoções são ótimas oportunidades de guardar dinheiro, uma vez que você economiza naquele produto para poder gastar em algo mais proveitoso no futuro.

Assim sendo, fique de olho nas ofertas de sites e lojas físicas e aproveite os cupons de descontos que elas oferecem normalmente.

7. Faça uma lista de compras

Quando for ao mercado, prepare sempre uma lista com todos os produtos que realmente esteja precisando naquela semana. Mais uma vez vale pesquisar por descontos e promoções nas gôndolas do supermercado.

A mesma dica é válida para quando for comprar roupas e acessórios. Embora a tentação seja grande, evite ao máximo adquirir peças que, muitas vezes, serão usadas somente uma vez.

8. Entretenimento gratuito

A todo momento acontecem eventos de graça, seja nas grandes ou pequenas cidades — peças de teatro, exposições, sessões de cinema, shows ao ar livre etc. O Jorge se informa em sites e jornais do seu município e convida amigos e familiares para se divertirem com ele, e ninguém gasta mais do que deve!

9. Receba em casa

Muitas pessoas gostam de receber os amigos em casa tanto para o churrasco de final de semana quanto para um jantar mais intimista.

Portanto, convide as pessoas mais próximas, coloque a mão na massa e combine com todos para colaborarem com as despesas. Afinal, desse modo não sai caro para ninguém e todos se divertem do mesmo jeito, não é mesmo?

10. Compre genéricos

Existem produtos de marca que podem ser tranquilamente substituídos por outros de empresas não tão famosas. Por isso, não hesite em comprar itens como alimentos, produtos de limpeza e medicamentos que oferecem bons preços, mas pelos quais você não paga a mais em função da marca, entende? Consuma com consciência.

11. Use apenas dinheiro

Assim como muita gente, o Jorge percebeu que costumava usar mais o cartão de crédito em vez do dinheiro. Isso trazia alguns benefícios, como ganhar pontos que poderiam ser trocados por milhas aéreas, mas como a ideia é economizar, ele se deu conta que o dinheiro era mais indicado.

A substituição não é tão fácil quanto pode parecer, mas lembre-se que o cartão de crédito cria a ilusão de que você não está gastando nada. Já o uso de dinheiro vivo é sentido na hora, e quando acaba não tem jeito de comprar mais nada, concorda?

12. Faça vendas pela internet

Aproveite o bom das redes sociais e escolha um produto para vender, como roupas, acessórios, doces e salgados por encomenda etc. A ideia aqui não é deixar seu emprego atual ou ainda virar milionário da noite para o dia.

Procure saber como as plataformas, tais quais Facebook, Instagram, entre outras, podem ajudar você a vender seus produtos e parta para a ação. Mais do que aprender a guardar, saber ganhar dinheiro extra também faz toda a diferença!

13. Guarde uma quantia por mês

Reserve uma porcentagem daquilo que você recebe todo mês e aplique em um investimento ou mesmo guarde na poupança, A dica é separar algo em torno de 30% do total, ou seja, se você recebe R$ 1.000,00 mensais, então guarde R$ 300,00.

O importante é saber que esse dinheiro é sagrado, portanto, assim que receber o pagamento, já reserve a quantia antes de pagar qualquer conta ou sair gastando por impulso.

Ao aprender como guardar dinheiro, assim como o Jorge fez, você vai ver que pequenas mudanças de hábito no dia a dia podem fazer toda a diferença no final de cada mês e mais ainda no fim do ano. Basta ter disciplina e focar em objetivos maiores nos quais poderá gastar a quantia acumulada sem remorso algum!

Assine a nossa newsletter e receba as novidades que sempre preparamos para você em primeira mão!

Escreva um comentário