Qual é a melhor forma de se preparar para entrar como gestor no mercado? A capacitação profissional para abrir um negócio pode ser considerada uma das armas mais eficazes para quem quer se lançar nessa área.

Pode ser o seu diferencial frente a outras companhias, alavancando o crescimento do seu futuro negócio e preparando você para lidar com as adversidades do cotidiano empresarial Além disso, também há um aspecto relacional de tais formações, que propiciam um terreno fértil para contatos e trocas com pessoas de pensamentos similar.

Aqui, vamos acompanhar a história de Jorge. Ele trabalha como assalariado em uma companhia de médio porte de sua cidade, é bem remunerado, mas não vê perspectivas de crescimento nesse lugar. Tem muita vontade de abrir um negócio e um ótimo plano para isso, mas nunca estudou a fundo temas administrativos e de gestão pessoal.

Pensando no dilema de Jorge, vamos falar aqui das vantagens de apostar em uma capacitação profissional antes de fazê-lo. Esse pode ser o empurrãozinho que estava faltando para ele iniciar o projeto, além de uma chance de entrar no trabalho de gestor já a frente de seus concorrentes. Vamos lá?

Aproveite o network proporcionado

Um aspecto já conhecido desse tipo de formação é o ambiente favorável para trocas e abertura de novas parcerias. Um curso profissionalizante coloca você diante de outros indivíduos com interesses similares aos seus, fazendo essa experiência também um momento importante de contato com o outro.

Muitas vezes, aquele que trabalha com empreendedorismo acaba por se isolar de outros indivíduos, tornando momentos assim ainda mais valiosos. É a sua chance de conhecer pessoas que estão com uma mentalidade na mesma página que a sua, o que pode gerar insights valiosos para você e, até mesmo, permitir que você leve novos colaboradores para o seu negócio.

Jorge teme não ter com quem conversar sobre suas novas experiências, por isso considera que um curso de formação pode ser também esse momento de dividir suas angústias e fazer contatos para futuras parcerias.

Aplique o conhecimento da gestão de negócios e pessoas

Todos conhecem casos de empresas que oferecem um ótimo serviço, entretanto têm uma péssima gestão e, por isso, não deslancham. Essa triste situação ocorre pois muitos donos de negócio voltam-se para o aspecto puramente técnico do oferecimento de um serviço ou produto e acabam deixando a desejar no que tange à administração e à organização de recursos humanos.

Esse conhecimento é necessário não só para a captação de clientes e vendas. Ele também é valioso para o trabalho interno com a equipe, resolução de conflitos e em tudo referente ao aspecto relacional no ambiente de trabalho. Por exemplo, o bom gestor é aquele que consegue observar e realocar sua equipe de acordo com tais demandas, que nem sempre são simples de serem observadas.

Com uma formação nesse setor, você aprenderá não só as teorias e técnicas de como alavancar um negócio — essa é apenas uma das metades que importam na formação. Ali, você também terá aulas e aprenderá na prática com os seus colegas de classe a como lidar com múltiplos dilemas de relacionamento com os quais nos deparamos constantemente no papel de gestão.

Apesar contar com uma ótima formação na graduação, Jorge sente que lhe faltam conhecimentos básicos sobre manejo de equipes e aspectos formais da administração de um negócio. Esse talvez seja o principal motivo pelo qual quer fazer tal formação.

É claro que boa parte dessa sabedoria só será produzida com o tempo e prática direta com esse meio, mas se lançar em uma formação pode antecipar alguns problemas futuros e adiantar esse processo para você.

Preencha lacunas em sua formação

Buscar uma profissionalização é uma maneira de trazer novos elementos para o seu escopo usual de trabalho. Mesmo que você já tenha uma formação técnica relevante, é bem provável que ela não tenha englobado muitos conteúdos sobre gestão de negócios ou pessoas.

Ou seja, muitos cursos disponíveis nos preparam para exercer determinada função, mas se esquecem desse aspecto administrativo de cada profissão. Portanto, inscrever-se em um curso assim é a chance de preencher uma lacuna em um aspecto fundamental para quem quer construir uma carreira como empreendedor.

Utilize a formação como um terreno seguro para tomar uma decisão madura

É normal vivenciar uma insegurança para tomar as decisões finais em direção à abertura de um novo empreendimento. Isso ocorre pois é a hora de abrir mão do que é mais confortável em favor do arriscado e novo.

Esses temores sempre existirão, mesmo para empresários experientes. Portanto, a formação profissional é uma forma de construir um terreno confortável para saber aquilo que falta para você ter confiança para abrir uma companhia.

Por isso, é necessário também repensar nossa educação como um todo e ter um pensamento crítico sobre isso. Desde pequenos estamos em um processo que ensina que devemos seguir uma trajetória pré-estabelecida até conseguir um emprego estável que represente os sonhos que nos foram passados pelos nossos familiares.

Apesar da segurança em sua visão e missão, Jorge não tem tanta coragem para tomar a decisão por conta da insuficiência de seus conhecimentos técnicos. Fazer um curso assim pode ser o suficiente para que ele decida o que quer realmente.

Busque uma formação que combine com o seu perfil

Cada tipo de negócio exige uma gama de técnicas diferentes a serem estudadas e compreendidas. Portanto, pense bem antes de escolher qual será o curso que fará para ajudá-lo nessa missão. Nesse momento, vale avaliar também quais são as suas capacidades e identificar aquilo que precisa ser fortalecido.

Por exemplo, caso sinta necessidade de aprender o aspecto mais administrativo em si, você pode buscar uma formação nesse sentido. O mesmo pode ser feito com relação à gestão de pessoas, de modo que você pode buscar uma formação que dê tal enfoque.

Outra carência na formação de Jorge é a questão financeira e econômica. Existem cursos de gestão especializados que darão a ele as bases necessárias para se virar nesse campo. Ele pensa em encontrar um sócio para cuidar dessa área, mas não quer ter um negócio sem saber nada sobre isso.

Desnecessário dizer que a educação é algo que nunca devemos parar de buscar. Um primeiro curso pode ajudar bastante na hora de abrir um negócio, mas não pare por aí. Certamente, você poderá especializar esse aprendizado ou direcioná-lo para outras formações conforme a evolução do empreendimento.

Existem infinitos cursos disponíveis sobre esse tema, em diferentes formatos. Por isso, vale também a pena lembrá-lo de buscar uma instituição de confiança e com boa reputação no mercado.

Para crescer, devemos buscar norteadores externos aos que já conhecemos e nos alinhar com as demandas do mercado e atualizações do conhecimento técnico. Tudo isso é possível por meio de um investimento básico em sua qualificação!

Esse não é um pré-requisito obrigatório, mas você pôde perceber sua importância. No caso de Jorge, ter a experiência de participar de uma capacitação profissional para abrir um negócio será a experiência decisiva para que ele abra sua empresa!

Aposto que agora você percebe a importância de dedicar-se a uma atividade assim. Entre em contato com a nossa empresa e conheça as possibilidades que oferecemos nesse sentido!

Escreva um comentário