Powered by Rock Convert

Renata é uma mulher determinada e, apesar de estar atualmente em um trabalho estável, em uma função administrativa de uma grande indústria, ela vem se sentindo estagnada e ansiosa por um crescimento profissional. Pensando em abrir portas para o futuro e encontrar uma carreira em que possa se destacar mais, ela começou a procurar novos trabalhos e a pesquisar cursos profissionalizantes. A partir daí, teve uma dúvida: o que faz um analista de PCP?

A sigla PCP significa “Plano de Controle de Produção” e se refere ao planejamento e gestão de toda a cadeia produtiva de uma empresa. Quando bem executado, esse sistema é capaz de proporcionar ao negócio uma redução de custos, a otimização de tempo e o aumento na produtividade. Esses resultados podem, então, levar ao aumento nos lucros e ao crescimento.

O papel do analista de PCP é de grande valor em uma organização, mas Renata não sabe se tem as habilidades certas para se destacar nessa área. A seguir, entenda melhor como esse trabalho é desenvolvido e quais são as características relevantes para seguir na carreira.

Análise de previsões de vendas

Para planejar corretamente uma produção, um dos pilares é a previsão de vendas. No seu trabalho, um analista de PCP recebe dados de previsão e deve ter a capacidade de interpretá-los corretamente, adequando o planejamento para que ele seja suficiente para atender a demanda.

Essa parte da rotina envolve controle de estoque, previsão do ritmo de produção e antecipação de possíveis imprevistos, além de formas de solucioná-los.

Plano de produção

Planejamento e organização são a essência do que faz um analista de PCP. Assim, aprender a reunir diferentes informações, a fazer planos com precisão e a controlar sua execução é imprescindível para que Renata ingresse nessa área.

Powered by Rock Convert

Ao ocupar essa função, ela deverá projetar as compras, o maquinário e os funcionários necessários para fabricar produtos em quantidade e qualidade suficientes para atender a previsão de vendas. No dia a dia, será preciso fiscalizar todo o sistema e verificar se os resultados esperados estão sendo alcançados.

Equilibrar todas as variáveis é o maior trunfo desse profissional, e ser capaz de entregar a demanda será fundamental para o sucesso de Renata.

Visão sistêmica

O PCP envolve diversas áreas de uma empresa, por isso, para ser uma analista, Renata precisa ter uma boa visão da indústria como um todo.

Esse profissional deve, por exemplo, coordenar a compra de matéria-prima e fiscalizar o estoque. Além disso, está entre suas atribuições planejar o layout mais eficiente para a planta da fábrica e pensar no quadro de funcionários adequado para a produção prevista.

Espírito de liderança

Outra habilidade relevante para que Renata possa ocupar essa posição dentro de uma empresa é a capacidade de liderança. Por lidar com todos esses aspectos da produção, o funcionário estará em contato com diversos outros setores e precisa engajar diferentes áreas. Assim, destacar-se como um exemplo a ser seguido é fundamental para fazer os processos fluírem.

Compreendendo o que faz um analista de PCP, Renata já pode dar os próximos passos para se lançar nesse novo desafio. Um curso profissionalizante em planejamento de controle de produção vai ensinar como realizar o trabalho e ajudá-la a desenvolver outras competências importantes para essa posição, abrindo portas para novas vagas no mercado e aumentando as suas chances de sucesso.

Quer conhecer outras opções de cursos profissionalizantes para turbinar sua carreira? Confira nosso site

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário