Rodrigo não sabia o que era marketing pessoal e, por isso, acabou tendo dificuldade de conseguir boas oportunidades de trabalho. Afinal, seus concorrentes estavam de olho nas tendências e já sabiam o que precisava ser feito.

Se, assim como Rodrigo, você não sabe o que é marketing pessoal, por que ele é importante e como fazê-lo, esse conteúdo é para você. Continue a leitura para transformar a sua vida profissional e conquistar diferentes oportunidades de negócio!

O que é marketing pessoal?

O marketing pessoal é uma estratégia de marketing focada no profissional. Nesse momento, você vai construir sua imagem no mercado.

Rodrigo, que começou a vender bolos e doces para conseguir uma renda extra, criou um Instagram para publicar seus produtos e conversar com seus consumidores. Além disso, ele faz questão de publicar também as opiniões de seus clientes e pedir que eles avaliem o negócio.

Essa medida ajudou, por exemplo, a crescer a quantidade de encomendas e aumentar suas vendas.

Por que o marketing pessoal é importante?

O marketing pessoal é importante para que você se destaque no mercado. No caso do Rodrigo, quantas empresas você conhece que trabalham com doces e bolos sob encomenda? 

Com o marketing pessoal, você reforça a sua imagem enquanto profissional, mostrando quais são seus diferenciais, quais são suas habilidades e por que você é o profissional mais indicado para a realização daqueles serviços.

Como trabalhar seu marketing pessoal?

Agora que você sabe a importância do marketing pessoal, é hora de descobrir como foi que o Rodrigo transformou sua realidade e conseguiu melhorar seus negócios por meio de um bom marketing.

1. Trabalhe o autoconhecimento

A primeira coisa que Rodrigo fez foi trabalhar seu autoconhecimento: avaliou-se enquanto pessoa e enquanto profissional e levantou quais são seus pontos fortes e quais são seus pontos fracos.

Dessa forma, ele identificou seus diferenciais competitivos e suas qualidades que precisavam ser destacadas durante a realização das suas ações de marketing. Junto com isso, também conseguiu visualizar os aspectos que precisavam ser melhorados com urgência para que ele conseguisse ter ainda mais destaque.

2. Desenvolva suas habilidades

A segunda etapa foi, portanto, desenvolver as habilidades que ele identificou como aspectos que precisavam ser melhorados. Essas habilidades podem ser desenvolvidas por meio de prática (persistência no dia a dia) ou um bom curso profissionalizante.

3. Participe de eventos

Participar de eventos também foi uma mudança que Rodrigo fez em sua rotina e acabou dando certo. Ele percebeu que ir nesses lugares era a melhor maneira de encontrar possíveis clientes e vender seu negócio para as pessoas.

Dessa forma, ele criou um networking e agora possui alguns contatos profissionais que pode explorar quando necessário.

4. Crie um bom portfólio

E, claro, criou um bom portfólio. No caso do negócio de Rodrigo, uma pequena empresa de doces e bolos, seu portfólio foi criado nas redes sociais, e seu Instagram é movimentado diariamente com suas criações, atraindo a atenção dos clientes e divulgando seu trabalho para possíveis consumidores.

Sem dúvidas, melhorar seu marketing pessoal pode ajudar a conquistar inúmeras oportunidades de trabalho, além de melhorar a sua imagem no mercado.

Se você, assim como Rodrigo, percebeu a necessidade de melhorar alguns aspectos para conseguir ser ainda mais competitivo no mercado, leia nosso artigo: 6 habilidades profissionais mais requisitadas no mercado de trabalho.

Escreva um comentário